Encontro “Somos nós a resistência” promove espaço de fala para apresentações de demandas LGBTI

1º de fevereiro de 2019 – Nesta sexta-feira (1º/02), a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) participou do evento “Somos nós a resistência”, realizado no Centro de Referência Especializado da Diversidade Sexual, Étnico-Racial e Religiosa (Creas Diversidade), da Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal. O encontro promoveu espaço de fala para apresentações de demandas LGBTI e, na , intervenções artísticas e exposições culturais. Na ocasião, a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) prestou atendimento jurídico gratuito, por meio de van itinerante. A atividade aconteceu no âmbito da Semana da Visibilidade Trans.

Durante a atividade, foi apresentada, ainda, uma carta aberta ao Governo do Distrito Federal com as demandas de travestis, transexuais e transgenerxs. O documento A carta traz um conjunto de propostas que foram abertas para que todos os públicos falassem (“microfone aberto”), com reivindicações de luta por políticas públicas específicas para a população LGBTI. De acordo com a carta, o principal objetivo do microfone aberto foi empoderar e fortalecer as identidades não misóginas, não sexistas, não binárias, não machistas, não racistas e não transfóbicas.

O evento “Somos nós a Resistência” contou também com intervenções artísticas, como as apresentações de Mikael Pederiva, banda Trupe Lenda e Canções, dança ritualística Guajajara, performance teatral com Maria Léo e exposição de artesanato das etnias Guajajara e Tupinambá.

 

da Assessoria de Comunicação